Petrônio Alves

Compartilhe

Falar de uma Educação que busca formar um cidadão crítico e autônomo é lugar comum e por vezes um discurso vazio. Vazio que pode ser preenchido com iniciativas como a Plataforma Terráqueos. A Plataforma amplia o olhar, redimensiona o mundo de quem a vive, nos ensina a agir politicamente, seja em prol das pessoas, dos animais, ou do ambiente, enfim, em prol da vida. Em minha vida escolar tive uma formação apolítica, e não me envergonho de dizer que foi somente agora, com a Plataforma Terráqueos, que compreendi e aprendi como agir politicamente. Formar cidadãos críticos não basta, é importante que eles saibam fazer com que suas críticas ecoem pelo mundo. A Plataforma é o nosso eco de vida.

 

Petrônio Alves – Professor de Educação Física