FEIRA DE ADOÇÃO DE ANIMAIS

Compartilhe

15/04/2013

FEIRA DE ADOÇÃO DE ANIMAIS

De nós humanos, adoção; da parte deles doação.

 Uma simples troca de olhar e pronto! Começa o estado de apaixonamento.

- Eu quero aquele!

Não. Não é a fala do garoto. É a do bichinho.

Não se iluda. Nós os queremos, mas são eles, os animais, que escolhem o próprio dono. E conduzem nossa vida com tal destreza e disposição, que é impossível resistir a esse amor. Amor que cuida, que se doa por inteiro a nós, que completa nossa vida.

De nós humanos, adoção; da parte deles, doação.

Hoje, em nossa escola, nesta manhã de outono incerto, cenas comoventes (e inesquecíveis!) de escolhas certas. Fotos de família! Nossa cumplicidade está no espaço cedido para que as conquistas sejam feitas.

A questão não é “eles pensam?” ou “eles falam?”. A questão é eles sofrem. (Jeremy Bentham)

O Colégio Santo Agostinho, através da Plataforma Terráqueos, realizou a Feira de Adoção de Cachorros e Gatos neste sábado, dia 13 de abril, de 09 a 14 h, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte.

O Programa ADOTE UM AMIGO nos lembra que “amizades verdadeiras não têm preço!” É desenvolvido com o olhar primordial sobre o bem-estar do animal e objetiva contribuir para o controle populacional de cães e gatos. É importante lembrar que animais de estimação têm índices menores de doenças em relação aos bichos que vivem na rua. Retirá-los das ruas e levá-los para a casa das pessoas também é uma contribuição para a saúde pública. Antes de serem oferecidos para a população, os animais são previamente examinados, vermifugados, castrados e microchipados.

O programa prima pela guarda responsável dos animais. Aqueles que querem adotar passam por uma entrevista para avaliação do perfil, uma conversa prévia para que sejam identificadas condições de manter os animais em casa, e assinam um termo de responsabilidade. Fazem parte desse processo as visitas pós-adoção.

“Mandastes as fontes correr em riachos, que serpeiam por entre os montes.

Ali vão beber os animais dos campos, neles matam a sede os asnos selvagens.

Os pássaros do céu vêm aninhar em suas margens, e cantam entre as folhagens.

Do alto de vossas moradas derramais a chuva nas montanhas, do fruto de vossas obras se farta a terra.

Fazeis brotar a relva para o gado, e plantas úteis ao homem, para que da terra possa extrair o pão

e o vinho que alegra o coração do homem, o óleo que lhe faz brilhar o rosto e o pão que lhe sustenta as forças.”

(do Salmo 103)

 

SAIBA MAIS:

www.adoteumamigo.org.br

www.teiadetextos.com.br

www.adocaobh.blogspot.com