Ajude na defesa da luta de defensores e defensoras de direitos humanos!

Compartilhe

Defender um mundo mais justo agora é crime, no Brasil. Desde novembro de 2016, quatro integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra estão presos no Paraná, acusados do crime de organização criminosa.

Mas o que eles verdadeiramente fizeram? Eles lutavam por uma justa distribuição de terras!

A campanha “Meu crime é lutar” quer denunciar o processo de criminalização dos movimentos sociais no país. A iniciativa é do Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos.

A mobilização de lançamento da campanha foi feita no dia 22/03 através do tuitaço utilizando a hashtag #meucrimeélutar.

#MeuCrimeÉLutar em defesa de defensores e defensoras de direitos humanos! Baixe o guia de proteção - Clique AQUI.

Salvar