Cão que morreu congelado vira protagonista de campanha

Compartilhe

Um cão congelou numa noite fria de Seaville, em Nova Jérsia, nos EUA. Depois de descoberto, tornou-se numa celebridade: é a estrela de uma campanha que pede aos norte-americanos para protegerem os animais das noites frias de inverno.

A trágica morte do animal, encontrado congelado junto a um passeio, serve agora como ‘prova’ dos efeitos que as noites mais frias de inverno podem provocar.

O cão foi recolhido pela polícia, que enviou a imagem a uma agência da região que lida com o controlo animal, a Shore Animal Control.

No Facebook, esta organização usou a dramática foto para passar uma mensagem importante.

“Estamos a partilhar esta imagem para que as pessoas atuem quando virem cães no exterior com este tempo e avisem as autoridades para que isto não aconteça outra vez. Este cão foi encontrado, pela polícia, congelado na rua. Não tinha identificação, nem registro e ninguém na vizinhança se pronunciou”, dizia a mensagem.

A pessoa que terá abandonado este cão não foi identificada, segundo a Shore Animal Control.

A organização acredita que o animal estaria preso num pátio e terá fugido para tentar abrigar-se contra o frio, numa noite em que as temperaturas desceram até aos oito graus negativos.

Com fome e incapaz de se aquecer, o cão sofreu uma morte horrível.

FONTE: PT Jornal