Curitiba sanciona lei que proíbe charretes e outros veículos de tração animal

Compartilhe

Famílias que dependiam de carroças para sustento terão atenção especial.

O prefeito Gustavo Fruet sancionou nessa quinta-feira (29) uma lei que proíbe a exploração de animais para transporte em Curitiba. Uma nota publicada no site da prefeitura (veja aqui) especifica o que a nova regra determina:

“O projeto estabelece como tração animal todo meio de transporte de carga ou de pessoas movido por propulsão animal e proíbe também o deslocamento de animal conduzindo cargas em seu dorso, estando o condutor montado, ou não. Fica vedada a permanência desses animais, soltos ou atados por cordas, ou por outros meios, em vias ou em logradouros públicos.” – diz a nota.

A proposta, que tramitava na Câmara Municipal desde junho deste ano, foi elaborada com colaboração de profissionais de áreas como saúde animal e ambiental, além de juristas e entidades ligadas ao trânsito. Sobre a proposta já transformada em lei, Gustavo Fruet declarou: “Curitiba dá, mais uma vez, uma demonstração de inovação e sustentabilidade. Há situações, como esta dos animais, em é preciso dar um basta e avançar. Esta lei é fruto da cidadania, da mobilização e de uma consciência existente na sociedade.” – disse o prefeito.

Ainda segundo a prefeitura, um grupo de trabalho foi formado para atender às famílias que dependiam do uso de carroças e charretes para sobreviver. A lei deve começar a valer em 90 dias, após sua regulamentação.

 

Fonte: https://vista-se.com.br/curitiba-sanciona-lei-que-proibe-charretes-e-outros-veiculos-de-tracao-animal-no-municipio/