Centro de esterilização de cães e gatos é inaugurado no Barreiro

Compartilhe

O Centro de Esterilização de Cães e Gatos Barreiro (CECG-B) foi oficialmente entregue à população neste sábado (24), na Avenida Antônio Praça Piedade, 68, no Bairro ­Bonsucesso.

O espaço, onde funcionava o antigo Centro de Saúde Bonsucesso, passou por reformas que tiveram investimento de R$ 25mil e, desde o dia 15 de setembro, quando começou a funcionar, já realizou 214 cirurgias. O novo centro tem capacidade para fazer 1.200 cirurgias por mês e é a quarta unidade fixa da cidade.

De acordo com o prefeito Marcio Lacerda, a entrega do centro de esterilização preenche uma lacuna importante no que diz respeito ao cuidado com os animais. “No trabalho executado pela prefeitura buscamos sempre zelar pela saúde dos animais. Um ponto importante e a reprodução que não pode ser descontrolada. O cidadão tem no centro de esterilização a oportunidade de ter acesso a uma esterilização bem feita e com todos os cuidados que a veterinária proporciona”, explicou.

O centro de esterilização possui estrutura com recepção, sala para treinamento e palestras, gerência, setor administrativo, quatro banheiros, internos e externos, sala de cirurgia com três macas (bloco cirúrgico), sala de preparação para os animais, seis gaiolas para cachorros, seis gaiolas para gatos, espaço para espera e almoxarifado.

A castração cirúrgica é um serviço oferecido pela Prefeitura como forma de controle do crescente número de cães e gatos na cidade, muitos deles abandonados. Segundo dados do Censo Animal de 2014, Belo Horizonte possui 283 mil cães e 64 mil gatos. Só no Barreiro são aproximadamente 37 mil cães e 10 mil gatos. Uma grande parcela deles vive perdida ou abandonada pelas ruas, outros têm dono, mas não há controle populacional, o que faz aumentar, cada vez mais, o número de cães e gatos nas ruas.

A esterilização de cães e gatos, além de reduzir a alta taxa de crescimento e abandono dos animais, promove a prevenção de quase todos os tumores relacionados ao sistema reprodutor, prevenindo a morte precoce causada, por exemplo, por doenças nas mamas, útero e próstata, melhorando a qualidade de vida do animal. Para as regiões que não possuem uma unidade fixa de atendimento, é disponibilizada uma unidade móvel, que tem capacidade para realizar aproximadamente 400 cirurgias de esterilização por mês.

Além da nova unidade, está prevista a realização de mutirões aos sábados nos outros centros de esterilização, e implantação - prevista para 2016 - de mais duas unidades, nas regiões Leste e Nordeste.

Fonte: http://www.otempo.com.br/cidades/centro-de-esteriliza%C3%A7%C3%A3o-de-c%C3%A3es-e-gatos-%C3%A9-inaugurado-no-barreiro-1.1148857