ONU adverte: estamos “correndo contra o tempo” na luta contra as mudanças climáticas

Compartilhe

 

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) lançou nesta terça-feira (10) um boletim sobre os gases de efeito estufa – como o dióxido de carbono (CO²), metano e óxido nitroso – que revela que estas substâncias causaram um aumento de 35% do aquecimento global nos últimos 10 anos.

“O boletim mostra que a concentração de dióxido de carbono na atmosfera aumentou no ano passado a um ritmo mais rápido do que nos últimos 30 anos. Temos de inverter esta tendência, reduzindo as emissões de CO² e outros gases de efeito estufa”, disse o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud.

“Sabemos sem sombra de dúvida que nosso clima está mudando e que está cada vez mais extremo devido às atividades humanas, como a queima de combustíveis fósseis”, acrescentou Jarraud.

O documento alerta também para a acidificação dos oceanos: “O atual nível encontra-se em um patamar sem precedentes, pelo menos nos últimos 300 milhões de anos”.

 

 

“Se o aquecimento global não é uma razão forte o suficiente para reduzir as emissões de CO2, a acidificação dos oceanos deveria ser, uma vez que seus efeitos já estão sendo notados. Faço minhas as preocupações do secretário-geral Jarraud – estamos correndo contra o tempo”, disse a secretária executiva da Comissão Intergovernamental Oceanográfica da Organização das Nações para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Wendy Watson-Wright.